AdSense

ÚLTIMAS

recentposts

Não demonstraram remorso', diz gerente sobre assassinato de menor

Gleison Vieira da Silva, 17 anos, foi espancado até a morte dentro de cela.
Ele e mais três jovens são condenados pelo estupro coletivo em Castelo do PI

Gerente de internação do CEM falou sobre depoimento de menores (Foto: Catarina Costa/G1 PI)
Gerente de internação do CEM falou sobre depoimento de menores (Foto: Catarina Costa/G1 PI)
O gerente de internação do Centro Educacional Masculino (CEM), Herbert Neves, revelou aoG1 que os três coautores do estupro coletivo suspeitos de assassinar Gleison Vieira da Silva, 17 anos, não demonstraram remorso ou arrependimento ao relatar o ato criminoso. O adolescente foi espancado até a morte dentro da cela que o grupo dividia na quinta-feira (16). Ele e os outros três coautores são responsáveis pela barbárie contra quatro meninas que chocou o país.
"Os acusados não falaram a motivação do crime, mas acredito que houve uma discussão entre eles e o Gleison, porque ele foi o delator do estupro. Os três confessaram ter matado o companheiro e explicaram como fizeram isso. Percebi a frieza deles em comentar o ato, como se fosse algo banal. Não demonstraram nenhum remorso ou arrependimento o que mostra o grau de periculosidade destes menores", declarou.
Segundo Herbert Neves, os adolescentes não utilizaram nenhum objeto para matar Gleison Vieira e que o crime aconteceu durante o banho. "Um dos menores relatou que deu uma ‘gravata’ na vítima, para imobilizar e impedir que ela gritasse. Depois os três menores iniciaram uma sessão de espancamento, atingindo principalmente a cabeça de Gleison", falou.
Já o juiz Antônio Lopes, da 2ª Vara da Infância e Juventude em Teresina, afirmou que aagressão que culminou com a morte de Gleison deve ter sido iniciada enquanto a vítima dormia.

Que façam festa, a dor fica comigo', diz mãe de jovem morto no PI; vídeo

Mãe de Gleison gravou vídeo em Castelo do Piauí falando da morte do filho.
Com medo de represálias da população, ela pede segurança para a família.

Do G1 PI
 
TRAGÉDIA NO PIAUÍ
Estupro de 4 adolescentes choca cidade
"Que façam festa e comemorem, porque a dor fica comigo mesmo", disse Elizabeth Vieira, mãe de Gleison Vieira da Silva, de 17 anos, sobre a comemoração em Castelo do Piauí pela morte de seu filho, assassinado nesta quinta-feira (16). (assista ao vídeo acima)
Ele e os três suspeitos de cometerem o homicídio estavam internados no Centro de Educação Masculino (CEM), em Teresina, desde o último dia 15. Os quatro foram sentenciados pelo espancamento e estupro de quatro garotas em Castelo do Piauí, crime ocorrido em maio.
No vídeo, a mãe de Gleison pede ainda segurança para a família, que gostaria de sepultar o corpo do adolescente em Castelo do Piauí, mas teme a reação dos moradores da cidade, que comemoraram o assassinato com foguetes e festa.
"Estou com medo da revolta da população, de eles fazerem alguma coisa. Eles podiam deixar pelo menos eu velar e enterrar o corpo do meu filho. Já mataram ele, acabou", disse.
Confissão
A direção do centro afirmou que os três jovens admitiram que mataram Gleison e não demonstraram remorso ou arrependimento ao relatar detalhes do homicídio.
Segundo Herberth Neves, gerente de internação do CEM, a morte de Gleison ocorreu durante o banho, quando um dos jovens teria aplicado uma gravata, fato que deu início as agressões. Já o juiz o Antonio Lopes, da 2ª Vara da Infância e Juventude em Teresina, afirmou que provavemente a vítima tenha sido atacada enquanto dormia.




Não demonstraram remorso', diz gerente sobre assassinato de menor Reviewed by Bom Jardim News on sexta-feira, julho 17, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados Bom Jardim News © 2017

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.