AdSense

ÚLTIMAS

recentposts

Quase 90% dos acidentes no trânsito em Petrolina envolvem motocicletas

De janeiro a junho foram registrados 805 acidentes com motos na cidade.
As principais causas são a falta de equipamentos de segurança e o álcool

Acidente entre moto e caminhão na BR-428 em Petrolina (Foto: Giomara Damasceno/TVGrandeRio)
Acidente entre moto e caminhão na BR-428 em Petrolina (Foto: Giomara Damasceno/TVGrandeRio)
No dia 27 de junho é comemorado, em todo o Brasil, o Dia do Motociclista. Em Petrolina, no Sertão pernambucano, as motos são maioria no trânsito, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE), até o mês de junho, a frota de motocicletas era de 48.621. Número superior à de automóveis que chegou aos 45.201.
O número de acidentes envolvendo motocicletas na cidade também é grande. De acordo com dados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de janeiro a junho deste ano, dos 905 acidentes de trânsito, 805 envolviam motos, o que equivale a cerca de 89%. A maioria das vítimas desses acidentes são encaminhados ao Hospital Universitário (HU), na região central.
De acordo com o superintendente do HU, Ricardo Pernambuco, os acidentes de moto representam 80% dos pacientes atendidos pelo hospital. “De cada 10 pacientes que chegam aqui, vítimas de acidentes terrestres, 8 são por causa de motocicletas”, informou. Ainda segundo o superintendente, cerca de 40% desses pacientes chegam com sinais de alcoolemia.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os gastos gerados por feridos graves em acidentes são, em média, R$ 230,6 mil, além do custo hospitalar de R$ 80 a R$ 120 mil. “São pacientes que ocupam toda a ala médica, porque exigem uma série de cuidados e tratamentos”, acrescentou Ricardo Pernambuco.
Acidente envolvendo ônibus e uma moto deixa uma pessoa morta em Petrolina (Foto: Giomara Damasceno/ TV Grande Rio)Acidente envolvendo ônibus e uma moto 
(Foto: Giomara Damasceno/ TV Grande Rio)
Dados da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC) mostram que a falta de equipamentos de segurança, como capacetes e calçados adequados, além de ultrapassagens indevidas e o uso de celular são as maiores causas de acidentes e infrações realizadas por motociclistas na cidade. “Muitas pessoas não têm consciência de que é preciso estar com a atenção totalmente voltada ao trânsito. Principalmente quando se trata de moto, em que o piloto está totalmente exposto”, declarou o coordenado de Fiscalização e Educação no Trânsito, Jilmar Barros.
Para tentar conscientizar os condutores, a EPTTC tem realizado uma campanha junto ao Sest/Senat para levar à pilotagem defensiva. “Mostramos como usar o sistema de frenagem de forma adequada, além de ensinar a desviar de obstáculos e ficar mais atento aos riscos das pistas e assim evitar tantos acidentes”, explicou Jilmar.
Multas:
A penalidade para o condutor que dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência é de R$ 1.915,40 e 7 pontos na carteira. O ato é considerado infração gravíssima, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Executar retorno em local proibido pela sinalização também é considerado infração gravissima, com multa de R$ 191,50 e 7 pontos na carteira. Efetuar conversões em local proibido é infração grave, além de 5 pontos na carteira, o condutor tem que pagar multa de R$ 127,69.
Ainda segundo o CTB, o motociclista que for pego dirigindo sem atenção ou cuidados indispensáveis à segurança terá que pagar multa de R$ 53,20 e menos 3 pontos. A infração é considerada leve. Outras informaçõe podem ser obtidas no site do Detran-PE.


Do G1


Quase 90% dos acidentes no trânsito em Petrolina envolvem motocicletas Reviewed by Bom Jardim News on segunda-feira, julho 27, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados Bom Jardim News © 2017

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.