AdSense

ÚLTIMAS

recentposts

Polícia tenta identificar mulher que jogou tinta em formanda em Cuiabá

Formanda teve queimaduras leves por causa da composição da tinta.
Tinta vermelha jogada ficou impregnada no rosto, cabelo e braços.



Formanda foi atingida por tinta na cabeça e não colou grau em Cuiabá (Foto: Reprodução/TVCA)A Polícia Civil  tenta identificar quem é a mulher que jogou tinta vermelha na universitária Sirene Luzia Correia, de 31 anos, minutos antes da formatura dela na última terça-feira (25), em Cuiabá. Em depoimento à polícia, Sirene teria apontado a mulher de um homem com quem se relacionava como principal suspeita. A polícia vai ouvir testemunhas.
“Ela contou que tinha um relacionamento com um homem que seria casado, mas que terminou com ele há seis meses, e que a mulher dele seria a principal suspeita para ela”, afirmou o delegado Simael Ferreira, da 3ª Delegacia de Polícia de Cuiabá, responsável pela investigação do caso.
A estudante, que estava de beca no momento do incidente, iria se formar em administração quando uma mulher a chamou pelo nome e jogou tinta nela. A formanda teve queimaduras leves, porque o material tinha óleo em sua composição.
saiba mais
  • De beca, formanda é atingida por tinta e não cola grau em Cuiabá
  • 'Abalada', diz formanda atingida por tinta antes de colar grau em Cuiabá
“Estamos instaurando os procedimentos padrões para as investigações. Vamos intimar as amigas mais próximas, quem esteve com ela na cerimônia e, o mais importante, assistir às imagens do circuito interno de segurança do local”, disse Ferreira.
Ainda segundo o delegado, após ouvir as pessoas mais próximas à vítima, a polícia deve intimar o antigo namorado de Sirene e a mulher dele.
'Muito abalada'
Em entrevista ao G1, Sirene Luzia disse que ainda está muito abalada com o ocorrido, mas tenta se recuperar. “Eu realmente não sei quem foi, pode ter sido qualquer pessoa, mas para mim essa mulher é a principal suspeita”, disse. A instituição em que a jovem estuda deve esperar a recuperação dela para marcar um nova cerimônia.
Estudante teve queimaduras no rosto após ser atingida por tinta (Foto: Reprodução/ TVCA)Estudante teve queimaduras no rosto após ser
atingida por tinta (Foto: Reprodução/ TVCA)
Porém, a formanda disse que não está pensando nisso por enquanto. “Eu quero deixar o susto passar, me recuperar completamente primeiro”, completou.
Para Sirene, independentemente de quem for, o culpado deve pagar pelo ocorrido. “Espero que a pessoa seja localizada e punida pelo que fez. Ainda é muito recente, mas eu não perdoo quem fez isso comigo", disse.
A formanda afirma que o que aprendeu no curso ninguém pode tirar, mas o desejo de se formar foi interrompido. “Eu tinha o sonho de tirar as fotos com meus familiares, colar grau, passar pela cerimônia e isso foi tirado de mim. Eu esperei quatro anos e alguém tirou isso de mim”, contou Sirene.
O caso
Sirene estava de beca e a poucos minutos de se formar pela Universidade de Cuiabá (Unic) quando foi atingida. Segundo familiares, a estudante tinha ido beber água quando foi atingida pela tinta vermelha, que ficou impregnada em seu rosto, cabelo e braços.
Sirene foi levada até a Policlínica do Coxipó, e a equipe de médicos tratou a jovem com um óleo à base de banana para retirar a tinta vermelha de seu corpo.
Do G1 MT
Polícia tenta identificar mulher que jogou tinta em formanda em Cuiabá Reviewed by Bom Jardim News on sexta-feira, agosto 28, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados Bom Jardim News © 2017

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.