AdSense

ÚLTIMAS

recentposts

Bruno diz que erros acontecem e afirma: 'Não sou bandido'

Bruno é apresentado pelo Boa Esporte.





Não se trata de um ex-presidiário que cumpriu pena e busca reintegrar-se à sociedade. Trata-se, na verdade, de um homem que foi condenado em primeira instância por um crime bárbaro, como mandante do assassinato de Eliza Samudio – mãe de seu filho –, e que, por culpa da morosidade do Judiciário brasileiro, aguarda em liberdade o desfecho do processo.
Embora dentro da lei, a contratação de Bruno é uma representação machista da insensibilidade que segue banalizando a violência contra a mulher. O goleiro foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão em 8 de março de 2013, no Dia Internacional da Mulher. Dois dias depois da mesma data, agora em 2017, sem ter cumprido nem metade de sua pena, Bruno foi contratado por um clube de futebol que o enxerga como mercadoria e ignora a gravidade do crime pelo qual ele ainda responde.
Bruno não deveria ter ficado tanto tempo preso aguardando julgamento de seu recurso, assim como não deveria voltar a jogar antes de uma sentença definitiva da Justiça. Caso o tribunal julgue improcedente a apelação, ele pode retornar para a cadeia antes mesmo de pisar novamente nos gramados. Algo que deixaria cicatrizes em todas as partes envolvidas: o time do Boa, que teve sua imagem arranhada pela má condução do episódio; Bruno, que viu sua rejeição aumentar depois de tanta exposição; e principalmente a família de Eliza, a começar pelo filho do goleiro, que tem sua ferida reaberta a cada nova repercussão do caso.
















Bruno diz que erros acontecem e afirma: 'Não sou bandido' Reviewed by Bom Jardim News on quinta-feira, março 16, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados Bom Jardim News © 2017

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.